Qual o melhor whey protein? A importância dos reviews de especialistas

É bem provável que você já tenha feito alguma pesquisa rápida na internet procurando saber qual o melhor whey protein disponível no mercado.

Existem diversos sites que disponibilizam os comentários com a opinião e a avaliação de usuários sobre esse e outros produtos. Mas, seria mesmo seguro confiar nos conselhos de milhares de pessoas completamente desconhecidas, que não têm o embasamento necessário para tal avaliação?

Na busca por saber qual o melhor whey protein para adquirir e potencializar os resultados dos treinos, várias pessoas acabam recorrendo a esses comentários e avaliações, conhecidos como reviews, que podem influenciar muito na decisão final de um cliente em potencial.

A Amazon mudou a forma de comprar produtos on-line ao incluir o conceito de fazer compras com confiança, disponibilizando uma garantia através dos reviews de consumidores que já testaram o produto antes.

Porém, os reviews podem apresentar grandes divergências quando são feitos por especialistas no assunto e, do outro lado, por consumidores, que desconhecem dados importantes que afetam a avaliação sobre qual o melhor whey protein adquirir.

Reviews de usuários VS Reviews de especialistas sobre qual o melhor whey protein

Como exemplo, podemos citar o suplemento Whey Gold Standard, da Optimum Nutrition. No ranking do site Bodybuilding.com, ele aparece no topo da lista, com a pontuação de 9.2 (em um total de 10). Porém, os resultados das análises laboratoriais feitas pelos químicos da Labdoor o deixaram na posição 32 do ranking, em comparação aos outros wheys.

“Essa grande diferença revela a importância de um review feito por especialistas, como os técnicos de laboratórios certificados, que dedicam horas para dizer com exatidão quantificada qual o melhor whey protein”, explica Neil Thanedar, CEO da Labdoor.

Outro exemplo é o suplemento Nitro-Tech, da MuscleTech, que está classificado em segundo lugar no mesmo site, também com a pontuação 9.2. Já no ranking da Labdoor, esse mesmo produto encontra-se na posição 49.

O problema dos reviews pagos

Além disso, existe também o risco de usuários eventualmente estarem cobrando por um review positivo.

O valor e a confiança de um review podem ser comprometidos quando empresas pagam para pessoas apresentarem uma avaliação do seu produto, em alguns casos, com a exigência de que seja positiva e de forma alguma imparcial.

A Amazon, por exemplo, foi processada por conta de usuários criadores de falsos reviews, que violavam as políticas do site.

Desvantagem dos reviews feitos por usuários

Diversos sites e aplicativos vêm surgindo para ajudar a banir os reviews pagos. Mas, a solução real do problema também envolve as falhas no review do verdadeiro consumidor, que não pode dizer com autoridade qual o melhor whey protein, por não ter base em dados científicos para essa avaliação.

Deixar que outros usuários comprem os produtos e postem os reviews pode parecer uma vantagem à primeira vista, por ser mais fácil e barato. Porém, a falta de embasamento e a incerteza em saber quem é honesto após tantas opiniões inexperientes, pode acabar se tornando algo frustrante e infrutífero.

“Os reviews feitos por usuários não garantem de forma alguma que você estará levando para casa um produto com a qualidade que espera”, afirma Thanedar. “Quando esse trabalho é feito por profissionais, os reviews passam a ter mais valor e credibilidade.”

Quer saber mais sobre as análises dos suplementos feitos pela Labdoor? Então, cadastre-se agora em nossa Newsletter e fique por dentro. É de graça!

Time formado por redatores com pós graduação e/ou doutorado nas áreas de saúde, dieta, suplementação e/ou treino, além de convidados especialistas em suas áreas.

One comment on Qual o melhor whey protein? A importância dos reviews de especialistas

Comments are closed.

Qual o melhor whey protein? A importância dos reviews de especialistas

É bem provável que você já tenha feito alguma pesquisa rápida na internet procurando saber qual o melhor whey protein disponível no mercado.

Existem diversos sites que disponibilizam os comentários com a opinião e a avaliação de usuários sobre esse e outros produtos. Mas, seria mesmo seguro confiar nos conselhos de milhares de pessoas completamente desconhecidas, que não têm o embasamento necessário para tal avaliação?

Na busca por saber qual o melhor whey protein para adquirir e potencializar os resultados dos treinos, várias pessoas acabam recorrendo a esses comentários e avaliações, conhecidos como reviews, que podem influenciar muito na decisão final de um cliente em potencial.

A Amazon mudou a forma de comprar produtos on-line ao incluir o conceito de fazer compras com confiança, disponibilizando uma garantia através dos reviews de consumidores que já testaram o produto antes.

Porém, os reviews podem apresentar grandes divergências quando são feitos por especialistas no assunto e, do outro lado, por consumidores, que desconhecem dados importantes que afetam a avaliação sobre qual o melhor whey protein adquirir.

Reviews de usuários VS Reviews de especialistas sobre qual o melhor whey protein

Como exemplo, podemos citar o suplemento Whey Gold Standard, da Optimum Nutrition. No ranking do site Bodybuilding.com, ele aparece no topo da lista, com a pontuação de 9.2 (em um total de 10). Porém, os resultados das análises laboratoriais feitas pelos químicos da Labdoor o deixaram na posição 32 do ranking, em comparação aos outros wheys.

“Essa grande diferença revela a importância de um review feito por especialistas, como os técnicos de laboratórios certificados, que dedicam horas para dizer com exatidão quantificada qual o melhor whey protein”, explica Neil Thanedar, CEO da Labdoor.

Outro exemplo é o suplemento Nitro-Tech, da MuscleTech, que está classificado em segundo lugar no mesmo site, também com a pontuação 9.2. Já no ranking da Labdoor, esse mesmo produto encontra-se na posição 49.

O problema dos reviews pagos

Além disso, existe também o risco de usuários eventualmente estarem cobrando por um review positivo.

O valor e a confiança de um review podem ser comprometidos quando empresas pagam para pessoas apresentarem uma avaliação do seu produto, em alguns casos, com a exigência de que seja positiva e de forma alguma imparcial.

A Amazon, por exemplo, foi processada por conta de usuários criadores de falsos reviews, que violavam as políticas do site.

Desvantagem dos reviews feitos por usuários

Diversos sites e aplicativos vêm surgindo para ajudar a banir os reviews pagos. Mas, a solução real do problema também envolve as falhas no review do verdadeiro consumidor, que não pode dizer com autoridade qual o melhor whey protein, por não ter base em dados científicos para essa avaliação.

Deixar que outros usuários comprem os produtos e postem os reviews pode parecer uma vantagem à primeira vista, por ser mais fácil e barato. Porém, a falta de embasamento e a incerteza em saber quem é honesto após tantas opiniões inexperientes, pode acabar se tornando algo frustrante e infrutífero.

“Os reviews feitos por usuários não garantem de forma alguma que você estará levando para casa um produto com a qualidade que espera”, afirma Thanedar. “Quando esse trabalho é feito por profissionais, os reviews passam a ter mais valor e credibilidade.”

Quer saber mais sobre as análises dos suplementos feitos pela Labdoor? Então, cadastre-se agora em nossa Newsletter e fique por dentro. É de graça!

Assine a Revista Labdoor

Scroll to top