Ginseng coreano melhora a vida sexual das mulheres?

Pesquisas realizadas com o ginseng coreano (também conhecido por seu nome cientifico, Panax ginseng), mostraram que seu consumo apresenta diversos benefícios para a saúde. Isso pode incluir o aumento no libido das mulheres, o que influenciaria de forma positiva na vida sexual. Veja o que dizem os estudos a esse respeito.

Quais os benefícios do consumo do ginseng coreano?

Além do uso associado à melhoria da vida sexual das mulheres, há outros inúmeros benefícios do ginseng, como:

  • melhora do sistema imunológico, da circulação sanguínea e da vida sexual de homens com disfunção erétil;
  • diminuição do cansaço físico e mental;
  • regulação dos níveis de colesterol e dos índices glicêmicos no organismo;
  • redução do estresse e de inflamações dos neurônios;
  • prevenção de problemas cardíacos.

Influência na vida sexual das mulheres

Durante centenas de anos, o prazer feminino foi reprimido e o sexo para a mulher era visto apenas como meio de reprodução, não restando para ela outra função para o ato. Atualmente, o sexo passou a fazer parte da rotina feminina, não se limitado apenas à concepção. Isso fez com que a mulher se sentisse valorizada e tivesse a sua autoestima elevada.

Porém, com isso também surgiram problemas, como a impotência sexual feminina, que pode ter uma origem física ou psicológica. As causas principais  podem ser:

A impotência de origem física pode ter como principais causas o uso de medicamentos, ingestão de álcool ou alguns tipos de doenças.

A impotência psicológica é provocada principalmente por estresse, situações inadequadas ao erotismo, problemas emocionais ou financeiros.

Ginseng coreano melhora a vida sexual?

A reputação do ginseng como afrodisíaco é devido à sua similaridade com a forma de um corpo humano, sendo por isso usado há séculos como revigorante nos países do extremo oriente. Porém, em alguns estudos realizados em animais pequenos de laboratório, ele apresentou efeitos estimulantes fracos, sendo comparado ao efeito estimulante do café.

Apesar disso, um estudo publicado pela edição online do Food Research International avaliou que esse ginseng é eficaz no aumento da libido e dos níveis de satisfação entre as mulheres na menopausa.

Isso ocorre principalmente pelo seu efeito vasodilatador, ou seja, melhora a irrigação do sangue, o que auxilia na lubrificação da vagina. Porém, como se pode observar, esse é um estudo realizado apenas com mulheres na menopausa.

Fatores que dificultam comprovar a eficácia do ginseng

A maioria dos estudos feitos em humanos, associando o ginseng coreano em relação à melhora da vida sexual, foram realizados em homens. Portanto, existem poucos estudos comprovando o seu benefício em mulheres.

Segundo algumas revisões bibliográficas sobre esse tema, existem dificuldades para se estabelecer a eficácia do ginseng coreano na melhora da vida sexual de mulheres. O motivo é que os estudos publicados apresentam alguns fatores negativos, como a falta de padronização das doses, pequeno tamanho das amostras e curto período de tratamento.

Além disso, há ainda a combinação do ginseng com outras substâncias e a falta de garantia da qualidade farmacêutica dos medicamentos testados.

Concluindo

Com base nas evidências disponíveis, podemos concluir que devem ser realizados mais estudos clínicos controlados e com longa durabilidade. Dessa forma, será possível uma avaliação mais precisa do uso do ginseng coreano para melhorar a vida sexual das mulheres.

Mas, até o momento, as informações encontradas são consideradas insuficientes para justificar sua utilização na prática clínica.

Para receber mais informações sobre as descobertas relativas ao ginseng coreano e muito mais, assine de graça a nossa Newsletter!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BASSO, Marina Rosana. Os alimentos afrodisíacos: crenças, mitos e verdades. 2009. (Artigo)

SCHORGE, John; SCHAFFER, Joseph. Ginecologia de Williams:A mulher madura. Porto Alegre:Artmed,2011.

JUNG, Hyun Lyung et al. Effects of Panax ginseng supplementation on muscle damage and inflammation after uphill treadmill running in humans. The american journal of chinese medicine, v. 39, n. 03, p. 441-450, 2011. (Artigo)

MELNYK, John P.; MARCONE, Massimo F. Aphrodisiacs from plant and animal sources—A review of current scientific literature. Food Research International, v. 44, n. 4, p. 840-850, 2011. (Artigo)

ALEXANDRE, R. F. A.; GARCIA, Fernanda Nath; SIMÕES, Cláudia Maria Oliveira. Fitoterapia baseada em evidências. Parte 2. Medicamentos fitoterápicos elaborados com alcachofra, castanha-da-índia, ginseng e maracujá. Acta Farma Bonaerense, v. 24, p. 310-314, 2005. (Artigo)

 

Time formado por redatores com pós graduação e/ou doutorado nas áreas de saúde, dieta, suplementação e/ou treino, além de convidados especialistas em suas áreas.

One comment on Ginseng coreano melhora a vida sexual das mulheres?

Comments are closed.

Ginseng coreano melhora a vida sexual das mulheres?

Pesquisas realizadas com o ginseng coreano (também conhecido por seu nome cientifico, Panax ginseng), mostraram que seu consumo apresenta diversos benefícios para a saúde. Isso pode incluir o aumento no libido das mulheres, o que influenciaria de forma positiva na vida sexual. Veja o que dizem os estudos a esse respeito.

Quais os benefícios do consumo do ginseng coreano?

Além do uso associado à melhoria da vida sexual das mulheres, há outros inúmeros benefícios do ginseng, como:

  • melhora do sistema imunológico, da circulação sanguínea e da vida sexual de homens com disfunção erétil;
  • diminuição do cansaço físico e mental;
  • regulação dos níveis de colesterol e dos índices glicêmicos no organismo;
  • redução do estresse e de inflamações dos neurônios;
  • prevenção de problemas cardíacos.

Influência na vida sexual das mulheres

Durante centenas de anos, o prazer feminino foi reprimido e o sexo para a mulher era visto apenas como meio de reprodução, não restando para ela outra função para o ato. Atualmente, o sexo passou a fazer parte da rotina feminina, não se limitado apenas à concepção. Isso fez com que a mulher se sentisse valorizada e tivesse a sua autoestima elevada.

Porém, com isso também surgiram problemas, como a impotência sexual feminina, que pode ter uma origem física ou psicológica. As causas principais  podem ser:

A impotência de origem física pode ter como principais causas o uso de medicamentos, ingestão de álcool ou alguns tipos de doenças.

A impotência psicológica é provocada principalmente por estresse, situações inadequadas ao erotismo, problemas emocionais ou financeiros.

Ginseng coreano melhora a vida sexual?

A reputação do ginseng como afrodisíaco é devido à sua similaridade com a forma de um corpo humano, sendo por isso usado há séculos como revigorante nos países do extremo oriente. Porém, em alguns estudos realizados em animais pequenos de laboratório, ele apresentou efeitos estimulantes fracos, sendo comparado ao efeito estimulante do café.

Apesar disso, um estudo publicado pela edição online do Food Research International avaliou que esse ginseng é eficaz no aumento da libido e dos níveis de satisfação entre as mulheres na menopausa.

Isso ocorre principalmente pelo seu efeito vasodilatador, ou seja, melhora a irrigação do sangue, o que auxilia na lubrificação da vagina. Porém, como se pode observar, esse é um estudo realizado apenas com mulheres na menopausa.

Fatores que dificultam comprovar a eficácia do ginseng

A maioria dos estudos feitos em humanos, associando o ginseng coreano em relação à melhora da vida sexual, foram realizados em homens. Portanto, existem poucos estudos comprovando o seu benefício em mulheres.

Segundo algumas revisões bibliográficas sobre esse tema, existem dificuldades para se estabelecer a eficácia do ginseng coreano na melhora da vida sexual de mulheres. O motivo é que os estudos publicados apresentam alguns fatores negativos, como a falta de padronização das doses, pequeno tamanho das amostras e curto período de tratamento.

Além disso, há ainda a combinação do ginseng com outras substâncias e a falta de garantia da qualidade farmacêutica dos medicamentos testados.

Concluindo

Com base nas evidências disponíveis, podemos concluir que devem ser realizados mais estudos clínicos controlados e com longa durabilidade. Dessa forma, será possível uma avaliação mais precisa do uso do ginseng coreano para melhorar a vida sexual das mulheres.

Mas, até o momento, as informações encontradas são consideradas insuficientes para justificar sua utilização na prática clínica.

Para receber mais informações sobre as descobertas relativas ao ginseng coreano e muito mais, assine de graça a nossa Newsletter!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BASSO, Marina Rosana. Os alimentos afrodisíacos: crenças, mitos e verdades. 2009. (Artigo)

SCHORGE, John; SCHAFFER, Joseph. Ginecologia de Williams:A mulher madura. Porto Alegre:Artmed,2011.

JUNG, Hyun Lyung et al. Effects of Panax ginseng supplementation on muscle damage and inflammation after uphill treadmill running in humans. The american journal of chinese medicine, v. 39, n. 03, p. 441-450, 2011. (Artigo)

MELNYK, John P.; MARCONE, Massimo F. Aphrodisiacs from plant and animal sources—A review of current scientific literature. Food Research International, v. 44, n. 4, p. 840-850, 2011. (Artigo)

ALEXANDRE, R. F. A.; GARCIA, Fernanda Nath; SIMÕES, Cláudia Maria Oliveira. Fitoterapia baseada em evidências. Parte 2. Medicamentos fitoterápicos elaborados com alcachofra, castanha-da-índia, ginseng e maracujá. Acta Farma Bonaerense, v. 24, p. 310-314, 2005. (Artigo)

 

Assine a Revista Labdoor

Scroll to top