Sono das crianças: a melatonina é realmente segura?

Não há como negar: a melatonina está em alta entre a população de 3 a 15 anos dos EUA. Ou talvez devamos dizer que o hormônio está em alta entre seus pais. De qualquer forma, o uso de melatonina para estimular o sono das crianças está crescendo. Mas ela é realmente segura?

Não chega a ser novidade. O uso de melatonina por crianças está crescendo há décadas, assim como as vendas de melatonina de forma geral. Nos Estados Unidos, os National Institutes of Health (NIH, em inglês) estimam que atualmente 0,7% das crianças do país fazem uso do hormônio para dormir bem. São aproximadamente meio milhão de crianças.

A internet também está repleta de artigos falando sobre o uso de melatonina por crianças para dormir rápido. Uma pesquisa rápida já é suficiente para se deparar com diversas perguntas de mães ansiosas e editoriais de pediatras discursando sobre o uso ou não da melatonina para o sono das crianças. A sessão de comentários desses artigos costuma guardar tesouros, com pais relatando suas experiências de adicionar melatonina no sono das crianças sem recomendação médica.

E quem poderia culpá-los? É difícil colocar as crianças para dormir. Não adoraríamos todos ter uma pílula mágica para fazer a hora da cama um pouco mais fácil? Claro que gostaríamos, e já foi comprovado que a melatonina funciona para adultos dormirem bem e que é segura, o que torna o suplemento uma opção quase óbvia. Porém, na verdade é surpreendente o quão poucas pesquisas há sobre o hormônio.

Aparentemente, a melatonina parece um suplemento seguro para o sono das crianças. É difícil encontrar qualquer experiência negativa nos fóruns online. Também sempre ouvimos falar de diversos adultos que tomaram melatonina quando crianças sem apresentar qualquer efeito colateral notável em seus processos de crescimento e desenvolvimento, ou qualquer irregularidade sexual. Mas isso são apenas evidências e casos relatados, o que poderia ser um bom sinal, porém há uma enorme lacuna quanto à evidências empíricas mais específicas.

Nossa equipe passou os últimos dias buscando pesquisas clínicas com crianças e melatonina. A falta de dados é frustrante. Em 2011, a Colaboração Cochrane, um time internacional de pesquisadores da saúde, tentou escrever uma resenha sobre o tópico, mas acabou desistindo.

Eles afirmaram: “não achamos que nenhum desses estudos seria apropriado para ser incluído em nossa resenha e portanto somos incapazes de extrair qualquer conclusão”.

Outros pesquisadores tiveram as mesmas dificuldades, afirmando: “Não há bons dados sobre a segurança e eficácia do uso a longo prazo da melatotina… em crianças e adolescentes”. Nós pesquisamos e conseguimos alguma informação. Mas lembre-se: tenha cautela ao fazer uso esses dados.

Dependência de melatonina

Alguns pais se preocupam se o uso de suplementos de melatonina poderia interromper a produção natural do hormônio. Nós não temos certeza, pois os níveis específicos de produção de melatonina em crianças ainda não foram medidos.

Entretanto, é possível que crianças criem dependência em suplementos de melatonina para dormir. Um estudo concluiu que crianças dormiam menos uma semana após interromperem o uso do suplemento.

Atraso na puberdade

Outra preocupação recorrente é quanto à possível interferência que a melatonina poderia ter no desenvolvimento de hormônios sexuais, tanto antecipando quanto atrasando o começo da puberdade, ou até mesmo resultando em infertilidade na vida adulta.

Apenas um estudo encontrado em nossa pesquisa conferiu o assunto e o número de crianças avaliadas foi excessivamente baixo. Ainda assim, esses pesquisadores concluíram que crianças em época de puberdade que tomaram melatonina todas as noites por ao menos 6 meses não apresentaram mudanças no começo da puberdade em relação à crianças da mesma idade. O mesmo estudo ainda reportou que o desenvolvimento social dessas crianças não havia sido afetado de forma significativa.

Mas as questões sobre infertilidade e desenvolvimento sexual persistem. Um estudo citado com frequência afirmou que o nível de melatonina no corpo é mais alto em meninos durante os anos de desenvolvimento dos testículos.

Pais e alguns médicos preocupados insistem que a fertilidade masculina pode ser afetada se o suplemento de melatonina suprimir a produção natural do hormônio. Entretanto, outros estudos indicam que os níveis de melatonina no corpo são mais altos em meninos ainda mais jovens – e baixariam durante os anos de desenvolvimento dos testículos.

O que tais resultados realmente mostram é como há falta de coerência entre os estudos e que pesquisas mais precisas deveriam ser realizadas.

E esse é o posicionamento no qual nossa equipe atualmente se encontra: não podemos comprovar a segurança da melatonina usada para o sono das crianças. O que é certo é que o uso do hormônio está crescendo entre crianças e mesmo que os relatos de usuários indiquem que é seguro, temos a responsabilidade de realizar mais pesquisas.

Quer saber mais sobre o uso de suplementos e o quão seguros eles são? Assine nossa Newsletter gratuita!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

COMMENTZ, J. C. et al. Melatonin and 6-hydroxymelatonin sulfate excretion is inversely correlated with gonadal development in children. Hormone Research in Paediatrics, v. 47, n. 3, p. 97-101, 1997. (artigo)

CUMMINGS, Carl. Melatonin for the management of sleep disorders in children and adolescents. Paediatrics & Child Health (1205-7088), v. 17, n. 6, 2012. (artigo)

Khan S, Heussler H, McGuire T, Dakin C, Pache D, Cooper D, Norris R, Flenady V, Charles B. Melatonin for sleep disorders in visually impaired children. Cochrane Collaboration, 2011. (artigo)

Kids, sleep and melatonin. Disponível em: <http://childrensmd.org/browse-by-age-group/toddler-pre-school/kids-sleep-melatonin/>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

NIH. Most used natural products. Disponível em: <https://nccih.nih.gov/research/statistics/NHIS/2012/natural-products/melatonin>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

NIH. Melatonin: in depth. Disponível em: <https://nccih.nih.gov/health/melatonin>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

NUSE, Ingrid. Children taking unapproved sleep meds for several years. Disponível em: <http://sciencenordic.com/children-taking-unapproved-sleep-meds-several-years>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

SALTI, R. et al. Nocturnal melatonin patterns in children. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, v. 85, n. 6, p. 2137-2144, 2000. (artigo)

SCHROEDER, Michael. More Parents Are Giving Kids Melatonin to Sleep. Is It Safe?. Disponível em: <http://health.usnews.com/health-news/patient-advice/articles/2015/10/06/more-parents-are-giving-kids-melatonin-to-sleep-is-it-safe>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

VAN MAANEN, Annette et al. Termination of short term melatonin treatment in children with delayed Dim Light Melatonin Onset: effects on sleep, health, behavior problems, and parenting stress. Sleep medicine, v. 12, n. 9, p. 875-879, 2011. (artigo)

VAN GEIJLSWIJK, Ingeborg M. et al. Evaluation of sleep, puberty and mental health in children with long-term melatonin treatment for chronic idiopathic childhood sleep onset insomnia. Psychopharmacology, v. 216, n. 1, p. 111-120, 2011. (artigo)

Time formado por redatores com pós graduação e/ou doutorado nas áreas de saúde, dieta, suplementação e/ou treino, além de convidados especialistas em suas áreas.

One comment on Sono das crianças: a melatonina é realmente segura?

Comments are closed.

Sono das crianças: a melatonina é realmente segura?

Não há como negar: a melatonina está em alta entre a população de 3 a 15 anos dos EUA. Ou talvez devamos dizer que o hormônio está em alta entre seus pais. De qualquer forma, o uso de melatonina para estimular o sono das crianças está crescendo. Mas ela é realmente segura?

Não chega a ser novidade. O uso de melatonina por crianças está crescendo há décadas, assim como as vendas de melatonina de forma geral. Nos Estados Unidos, os National Institutes of Health (NIH, em inglês) estimam que atualmente 0,7% das crianças do país fazem uso do hormônio para dormir bem. São aproximadamente meio milhão de crianças.

A internet também está repleta de artigos falando sobre o uso de melatonina por crianças para dormir rápido. Uma pesquisa rápida já é suficiente para se deparar com diversas perguntas de mães ansiosas e editoriais de pediatras discursando sobre o uso ou não da melatonina para o sono das crianças. A sessão de comentários desses artigos costuma guardar tesouros, com pais relatando suas experiências de adicionar melatonina no sono das crianças sem recomendação médica.

E quem poderia culpá-los? É difícil colocar as crianças para dormir. Não adoraríamos todos ter uma pílula mágica para fazer a hora da cama um pouco mais fácil? Claro que gostaríamos, e já foi comprovado que a melatonina funciona para adultos dormirem bem e que é segura, o que torna o suplemento uma opção quase óbvia. Porém, na verdade é surpreendente o quão poucas pesquisas há sobre o hormônio.

Aparentemente, a melatonina parece um suplemento seguro para o sono das crianças. É difícil encontrar qualquer experiência negativa nos fóruns online. Também sempre ouvimos falar de diversos adultos que tomaram melatonina quando crianças sem apresentar qualquer efeito colateral notável em seus processos de crescimento e desenvolvimento, ou qualquer irregularidade sexual. Mas isso são apenas evidências e casos relatados, o que poderia ser um bom sinal, porém há uma enorme lacuna quanto à evidências empíricas mais específicas.

Nossa equipe passou os últimos dias buscando pesquisas clínicas com crianças e melatonina. A falta de dados é frustrante. Em 2011, a Colaboração Cochrane, um time internacional de pesquisadores da saúde, tentou escrever uma resenha sobre o tópico, mas acabou desistindo.

Eles afirmaram: “não achamos que nenhum desses estudos seria apropriado para ser incluído em nossa resenha e portanto somos incapazes de extrair qualquer conclusão”.

Outros pesquisadores tiveram as mesmas dificuldades, afirmando: “Não há bons dados sobre a segurança e eficácia do uso a longo prazo da melatotina… em crianças e adolescentes”. Nós pesquisamos e conseguimos alguma informação. Mas lembre-se: tenha cautela ao fazer uso esses dados.

Dependência de melatonina

Alguns pais se preocupam se o uso de suplementos de melatonina poderia interromper a produção natural do hormônio. Nós não temos certeza, pois os níveis específicos de produção de melatonina em crianças ainda não foram medidos.

Entretanto, é possível que crianças criem dependência em suplementos de melatonina para dormir. Um estudo concluiu que crianças dormiam menos uma semana após interromperem o uso do suplemento.

Atraso na puberdade

Outra preocupação recorrente é quanto à possível interferência que a melatonina poderia ter no desenvolvimento de hormônios sexuais, tanto antecipando quanto atrasando o começo da puberdade, ou até mesmo resultando em infertilidade na vida adulta.

Apenas um estudo encontrado em nossa pesquisa conferiu o assunto e o número de crianças avaliadas foi excessivamente baixo. Ainda assim, esses pesquisadores concluíram que crianças em época de puberdade que tomaram melatonina todas as noites por ao menos 6 meses não apresentaram mudanças no começo da puberdade em relação à crianças da mesma idade. O mesmo estudo ainda reportou que o desenvolvimento social dessas crianças não havia sido afetado de forma significativa.

Mas as questões sobre infertilidade e desenvolvimento sexual persistem. Um estudo citado com frequência afirmou que o nível de melatonina no corpo é mais alto em meninos durante os anos de desenvolvimento dos testículos.

Pais e alguns médicos preocupados insistem que a fertilidade masculina pode ser afetada se o suplemento de melatonina suprimir a produção natural do hormônio. Entretanto, outros estudos indicam que os níveis de melatonina no corpo são mais altos em meninos ainda mais jovens – e baixariam durante os anos de desenvolvimento dos testículos.

O que tais resultados realmente mostram é como há falta de coerência entre os estudos e que pesquisas mais precisas deveriam ser realizadas.

E esse é o posicionamento no qual nossa equipe atualmente se encontra: não podemos comprovar a segurança da melatonina usada para o sono das crianças. O que é certo é que o uso do hormônio está crescendo entre crianças e mesmo que os relatos de usuários indiquem que é seguro, temos a responsabilidade de realizar mais pesquisas.

Quer saber mais sobre o uso de suplementos e o quão seguros eles são? Assine nossa Newsletter gratuita!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

COMMENTZ, J. C. et al. Melatonin and 6-hydroxymelatonin sulfate excretion is inversely correlated with gonadal development in children. Hormone Research in Paediatrics, v. 47, n. 3, p. 97-101, 1997. (artigo)

CUMMINGS, Carl. Melatonin for the management of sleep disorders in children and adolescents. Paediatrics & Child Health (1205-7088), v. 17, n. 6, 2012. (artigo)

Khan S, Heussler H, McGuire T, Dakin C, Pache D, Cooper D, Norris R, Flenady V, Charles B. Melatonin for sleep disorders in visually impaired children. Cochrane Collaboration, 2011. (artigo)

Kids, sleep and melatonin. Disponível em: <http://childrensmd.org/browse-by-age-group/toddler-pre-school/kids-sleep-melatonin/>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

NIH. Most used natural products. Disponível em: <https://nccih.nih.gov/research/statistics/NHIS/2012/natural-products/melatonin>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

NIH. Melatonin: in depth. Disponível em: <https://nccih.nih.gov/health/melatonin>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

NUSE, Ingrid. Children taking unapproved sleep meds for several years. Disponível em: <http://sciencenordic.com/children-taking-unapproved-sleep-meds-several-years>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

SALTI, R. et al. Nocturnal melatonin patterns in children. The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, v. 85, n. 6, p. 2137-2144, 2000. (artigo)

SCHROEDER, Michael. More Parents Are Giving Kids Melatonin to Sleep. Is It Safe?. Disponível em: <http://health.usnews.com/health-news/patient-advice/articles/2015/10/06/more-parents-are-giving-kids-melatonin-to-sleep-is-it-safe>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

VAN MAANEN, Annette et al. Termination of short term melatonin treatment in children with delayed Dim Light Melatonin Onset: effects on sleep, health, behavior problems, and parenting stress. Sleep medicine, v. 12, n. 9, p. 875-879, 2011. (artigo)

VAN GEIJLSWIJK, Ingeborg M. et al. Evaluation of sleep, puberty and mental health in children with long-term melatonin treatment for chronic idiopathic childhood sleep onset insomnia. Psychopharmacology, v. 216, n. 1, p. 111-120, 2011. (artigo)

Assine a Revista Labdoor

Scroll to top