Meditação mindfulness ajuda a dormir melhor e eliminar o estresse

A insatisfação que a dificuldade para dormir nos causa, atinge inúmeras pessoas. De fato, em algumas situações, isso acaba tornando a experiência do sono bastante angustiante e insatisfatória. Pensando nesse inconveniente, nós organizamos pesquisas científicas para que você possa praticar a meditação mindfulness.

Jon Kabat-Zinn é o fundador e diretor da Stress Reduction Clinic, no Centro Médico da Universidade do Massachusetts. Também atua como professor associado no Departamento de Medicina Preventiva e Comportamental. E foi um dos pioneiros no desenvolvimento de pesquisas experimentais com mindfulness.

Qual o motivo desta técnica funcionar?

Kabat-Zinn explica que a meditação mindfulness (consciência/atenção plena) propõe uma nova forma de interação. É algo mais consciente e que funciona em qualquer aspecto de nossas vidas.

Isso proporciona o controle sobre nossas escolhas e reações. É um método de encarar a vida permitindo que possamos enfrentar as dificuldades diárias. E esses problemas podem ser tanto no trabalho quanto na família. Também vale para casos de dor crônica, como se desestressar, depressão e dificuldades como dormir rápido ou manter o sono.

Acredita-se que, ao aceitarmos condições naturais da vida, adquirimos habilidades para resolver essas condições de modo mais criativo e prático. No entanto, precisamos aprender a estarmos conscientes e concentrados em nossas respostas. E é isso que as técnicas de meditação mindfulness nos propõem.

Afinal, como fazer?

Reserve 40 segundos para cada um dos itens abaixo. Faça isso 3 vezes ao dia.

  1. Procure parar no meio de alguma atividade que esteja realizando em algum momento do seu dia. Deposite sua atenção em sua respiração e nas sensações que emanam do seu corpo. Também foque na maneira como você expande seu tórax e volta à posição original de quando expiramos.
  2. Sinta as sensações corporais que ocorrem nesse momento: dores, tensões, preocupações, qualquer sensação. E não tente tirá-las de você. Apenas tenha consciência da sua condição.
  3. Visualize as sensações que você esteja vivenciando. Por exemplo: “estou tenso” ou “há tensão”. Não tente modificá-las, aceite-as.
  4. Conecte com suas emoções e com suas experiências. Não faça julgamentos, respire com elas. Permita-se estar confortável e relaxe com qualquer coisa que esteja presente.

É de extrema importância que fique claro que existem inúmeras variações dessa técnica. Acima, listamos alguns passos de uma das diversas modalidades desse método.

Existem inúmeras evidências clínicas dos benefícios que a meditação mindfulness nos proporciona. Essas englobam a melhora da memória em pacientes idosos (melhorando a qualidade de vida na terceira idade), aumento do número de anticorpos, melhor desenvolvimento do córtex pré-frontal e auxílio no tratamento de distúrbios mentais.

Por fim

É importante que você busque identificar quais fatores mais influenciam na qualidade do seu sono. Além disso, é importante que você saiba quando essa condição – dificuldade para dormir – se tornou algo patológico e necessita de atendimento médico especializado.

Afinal, no longo prazo, essa condição pode afetar sua saúde gravemente, resultando na diminuição da sua expectativa de vida. Por isso, é importante fazer uso de técnicas confiáveis, tais como a meditação mindfulness. Isso porque elas visam te ensinar como dormir mais rápido e contribuem para uma melhor qualidade do seu sono.

E você, gostou dessa técnica? Conhece alguém que também gostaria de praticá-la? Então, não perca tempo. Compartilhe esse artigo com seus amigos para que eles possam desfrutar dos mesmos benefícios que você. 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Paiva T, Gaspar T, Matos MG. Mutual relations between sleep deprivation, sleep stealers and risk behaviours in adolescents. Sleep Science. 2016. (Artigo).

Camila Hirotsu, Sergio Tufik ,Monica Levy Andersen. Interactions between sleep, stress, and metabolism: From physiological to pathological conditions. Sleep Science. 2016. (Artigo).

Davyd M.O. Alves, Alana Peixoto de Almeida, Stefany Karoline Teodoro Correia, Monica Levi Andersen, Sergio Tufik, Flavia Heloisa dos Santos, Adriana Ximenes da Silva, Luciane de Souza. AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE SONO E DE ESTADOS DE HUMOR NA ATENÇÃO VISUAL DE ADULTOS JOVENS. Sleep Science. 2016. (Artigo)

International Encyclopedia of Rehabilitation. Jacobson Relaxation Method. Disponível em: <http://cirrie.buffalo.edu/encyclopedia/en/article/197/>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

INICIATIVA MINDFULNESS. Iniciativa Mindfulness. Disponível em: <http://www.iniciativamindfulness.com.br>. Acesso em 24 de nov. 2016.

Time formado por redatores com pós graduação e/ou doutorado nas áreas de saúde, dieta, suplementação e/ou treino, além de convidados especialistas em suas áreas.

One comment on Meditação mindfulness ajuda a dormir melhor e eliminar o estresse

Comments are closed.

Meditação mindfulness ajuda a dormir melhor e eliminar o estresse

A insatisfação que a dificuldade para dormir nos causa, atinge inúmeras pessoas. De fato, em algumas situações, isso acaba tornando a experiência do sono bastante angustiante e insatisfatória. Pensando nesse inconveniente, nós organizamos pesquisas científicas para que você possa praticar a meditação mindfulness.

Jon Kabat-Zinn é o fundador e diretor da Stress Reduction Clinic, no Centro Médico da Universidade do Massachusetts. Também atua como professor associado no Departamento de Medicina Preventiva e Comportamental. E foi um dos pioneiros no desenvolvimento de pesquisas experimentais com mindfulness.

Qual o motivo desta técnica funcionar?

Kabat-Zinn explica que a meditação mindfulness (consciência/atenção plena) propõe uma nova forma de interação. É algo mais consciente e que funciona em qualquer aspecto de nossas vidas.

Isso proporciona o controle sobre nossas escolhas e reações. É um método de encarar a vida permitindo que possamos enfrentar as dificuldades diárias. E esses problemas podem ser tanto no trabalho quanto na família. Também vale para casos de dor crônica, como se desestressar, depressão e dificuldades como dormir rápido ou manter o sono.

Acredita-se que, ao aceitarmos condições naturais da vida, adquirimos habilidades para resolver essas condições de modo mais criativo e prático. No entanto, precisamos aprender a estarmos conscientes e concentrados em nossas respostas. E é isso que as técnicas de meditação mindfulness nos propõem.

Afinal, como fazer?

Reserve 40 segundos para cada um dos itens abaixo. Faça isso 3 vezes ao dia.

  1. Procure parar no meio de alguma atividade que esteja realizando em algum momento do seu dia. Deposite sua atenção em sua respiração e nas sensações que emanam do seu corpo. Também foque na maneira como você expande seu tórax e volta à posição original de quando expiramos.
  2. Sinta as sensações corporais que ocorrem nesse momento: dores, tensões, preocupações, qualquer sensação. E não tente tirá-las de você. Apenas tenha consciência da sua condição.
  3. Visualize as sensações que você esteja vivenciando. Por exemplo: “estou tenso” ou “há tensão”. Não tente modificá-las, aceite-as.
  4. Conecte com suas emoções e com suas experiências. Não faça julgamentos, respire com elas. Permita-se estar confortável e relaxe com qualquer coisa que esteja presente.

É de extrema importância que fique claro que existem inúmeras variações dessa técnica. Acima, listamos alguns passos de uma das diversas modalidades desse método.

Existem inúmeras evidências clínicas dos benefícios que a meditação mindfulness nos proporciona. Essas englobam a melhora da memória em pacientes idosos (melhorando a qualidade de vida na terceira idade), aumento do número de anticorpos, melhor desenvolvimento do córtex pré-frontal e auxílio no tratamento de distúrbios mentais.

Por fim

É importante que você busque identificar quais fatores mais influenciam na qualidade do seu sono. Além disso, é importante que você saiba quando essa condição – dificuldade para dormir – se tornou algo patológico e necessita de atendimento médico especializado.

Afinal, no longo prazo, essa condição pode afetar sua saúde gravemente, resultando na diminuição da sua expectativa de vida. Por isso, é importante fazer uso de técnicas confiáveis, tais como a meditação mindfulness. Isso porque elas visam te ensinar como dormir mais rápido e contribuem para uma melhor qualidade do seu sono.

E você, gostou dessa técnica? Conhece alguém que também gostaria de praticá-la? Então, não perca tempo. Compartilhe esse artigo com seus amigos para que eles possam desfrutar dos mesmos benefícios que você. 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Paiva T, Gaspar T, Matos MG. Mutual relations between sleep deprivation, sleep stealers and risk behaviours in adolescents. Sleep Science. 2016. (Artigo).

Camila Hirotsu, Sergio Tufik ,Monica Levy Andersen. Interactions between sleep, stress, and metabolism: From physiological to pathological conditions. Sleep Science. 2016. (Artigo).

Davyd M.O. Alves, Alana Peixoto de Almeida, Stefany Karoline Teodoro Correia, Monica Levi Andersen, Sergio Tufik, Flavia Heloisa dos Santos, Adriana Ximenes da Silva, Luciane de Souza. AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE SONO E DE ESTADOS DE HUMOR NA ATENÇÃO VISUAL DE ADULTOS JOVENS. Sleep Science. 2016. (Artigo)

International Encyclopedia of Rehabilitation. Jacobson Relaxation Method. Disponível em: <http://cirrie.buffalo.edu/encyclopedia/en/article/197/>. Acesso em: 24 de nov. 2016.

INICIATIVA MINDFULNESS. Iniciativa Mindfulness. Disponível em: <http://www.iniciativamindfulness.com.br>. Acesso em 24 de nov. 2016.

Assine a Revista Labdoor

Scroll to top