Longevidade saudável e a relação com a glucosamina

Ter uma longevidade saudável é o desejo de qualquer pessoa. Por esse motivo, o uso de suplementos à base de glucosamina tem aumentando constantemente. Mas, o que os especialistas têm a dizer sobre a sua eficácia em relação ao retardamento do envelhecimento? Veja o que dizem os estudos sobre esse assunto.

O que dizem as pesquisas sobre a glucosamina e a longevidade saudável?

Pesquisas recentes mostraram que a suplementação de D-glucosamina aumentou a longevidade em vermes e ratos idosos, dois animais normalmente usados para estudos sobre envelhecimento, genética e doenças humanas.

Embora os testes feitos em animais não garantam 100% de sucesso para a longevidade saudável em humanos, oferecem uma inegável possibilidade de resultados semelhantes. O motivo consiste em semelhanças na genética, anatomia e fisiologia entre os humanos e esses animais não-humanos.

Quais os outros benefícios da glucosamina?

A longevidade saudável é popularmente relacionada ao consumo de suplementos usados para dietas à base de glucosamina. Esses suplementos são populares devido aos seus supostos efeitos positivos para a saúde e o alívio da dor nas articulações.

Apesar disso, vários estudos clínicos realizados estão desmentindo a opinião popular em relação às dores articulares.

No entanto, quando se trata da prevenção e tratamento da osteoartrite, vários estudos indicam que a glucosamina pode ser uma solução eficaz.

Relação entre glucosamina e dietas baixas em carboidratos

Um estudo realizado sugere que o efeito geral da glucosamina sobre a longevidade saudável se assemelha ao de uma dieta baixa em carboidratos. As dietas de baixo teor de carboidratos podem proporcionar a perda de peso, ajudando a manter o peso.

De acordo com uma publicação feita pela Universidade de Harvard, o efeito mais significativo da glucosamina foi em relação a melhora nos níveis de lipídios no sangue, diminuição dos triglicérides (principal molécula transportadora de gordura no sangue) e o aumento nos níveis do HDL, o colesterol bom.

Além disso, oferecem um risco menor de desenvolver doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e ajudam a baixar a pressão arterial.

Os efeitos sobre o retardamento do envelhecimento

Como exatamente uma dieta de baixo carboidrato pode ter a capacidade de retardar o envelhecimento e proporcionar uma longevidade saudável?

O que acontece é que glucosamina parece interferir na glicólise, que consiste no passo inicial do metabolismo da glicose. Os autores do estudo notaram uma diminuição de 43% na oxidação da glicose (metabolismo) após a adição da glucosamina.

O metabolismo reduzido da glicose leva, consequentemente, a níveis mais baixos de trifosfato de adenosina (ATP), molécula usada como fonte de energia por todas as células do corpo humano. Níveis mais baixos de ATP promovem a biogênese mitocondrial. O aumento dos níveis de mitocôndria celular acabam reforçando a respiração e ATP (ou seja, a produção de energia).

No entanto, uma vez que o metabolismo da glicose é diminuído, o ácido graxo e os aminoácidos (que consistem em outras fontes de energia) aumentam o metabolismo. O resultado é o aumento do catabolismo da gordura e da proteína.

O aumento da respiração celular leva ao aumento da produção de espécies reativas de oxigênio (ROS), moléculas altamente instáveis que, quando presentes em quantidade suficiente, exercem um efeito protetor, auxiliando na resistência celular ao estresse. Esse fenômeno é chamado de mitohormesis.

O consumo da glucosamina também causa efeitos na redução de glicose no sangue, especialmente após a alimentação. Não foram observados efeitos durante o período de jejum.

Concluindo, os estudos apontam que o consumo da glucosamina pode colaborar de maneira benéfica para uma melhor qualidade de vida na terceira idade.

Gostou de saber sobre a relação da glucosamina e a longevidade? Para saber mais a respeito, assine a nossa Newsletter gratuitamente e fique por dentro!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

NATURE PUBLISHING GROUP. The Use of Animal Models in Studying Genetic Disease: Transgenesis and Induced Mutation. Disponível em <http://www.nature.com/scitable/topicpage/the-use-of-animal-models-in-studying-855>. Acesso em: 29 de dez. 2016.

CHEMICAL & ENGINEERING. Supplement Extends Life Of Worms, Mice. Disponível em: <http://cen.acs.org/articles/92/i15/Supplement-Extends-Life-Worms-Mice.html>. Acesso em: 29 de dez. 2016.

CLEGG, Daniel O. et al. Glucosamine Chondroitin Arthritis Intervention Trial (GAIT). National Center for complementay and Alternative Medicine [NCCAM], USA) NCCAM Publication, n. D310, 2006.(Artigo)

HARVARD SCHOOL OF PUBLIC HEALTH. Low-Carbohydrate Diets. Disponível em: <https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/carbohydrates/low-carbohydrate-diets/>. Acesso em 29 de dez. de 2016.

MCALINDON, Timothy E. et al. Glucosamine and chondroitin for treatment of osteoarthritis: a systematic quality assessment and meta-analysis. Jama, v. 283, n. 11, p. 1469-1475, 2000. (Artigo)

REGINSTER, Jean Yves et al. Long-term effects of glucosamine sulphate on osteoarthritis progression: a randomised, placebo-controlled clinical trial. The Lancet, v. 357, n. 9252, p. 251-256, 2001. (Artigo)

Time formado por redatores com pós graduação e/ou doutorado nas áreas de saúde, dieta, suplementação e/ou treino, além de convidados especialistas em suas áreas.

Longevidade saudável e a relação com a glucosamina

Ter uma longevidade saudável é o desejo de qualquer pessoa. Por esse motivo, o uso de suplementos à base de glucosamina tem aumentando constantemente. Mas, o que os especialistas têm a dizer sobre a sua eficácia em relação ao retardamento do envelhecimento? Veja o que dizem os estudos sobre esse assunto.

O que dizem as pesquisas sobre a glucosamina e a longevidade saudável?

Pesquisas recentes mostraram que a suplementação de D-glucosamina aumentou a longevidade em vermes e ratos idosos, dois animais normalmente usados para estudos sobre envelhecimento, genética e doenças humanas.

Embora os testes feitos em animais não garantam 100% de sucesso para a longevidade saudável em humanos, oferecem uma inegável possibilidade de resultados semelhantes. O motivo consiste em semelhanças na genética, anatomia e fisiologia entre os humanos e esses animais não-humanos.

Quais os outros benefícios da glucosamina?

A longevidade saudável é popularmente relacionada ao consumo de suplementos usados para dietas à base de glucosamina. Esses suplementos são populares devido aos seus supostos efeitos positivos para a saúde e o alívio da dor nas articulações.

Apesar disso, vários estudos clínicos realizados estão desmentindo a opinião popular em relação às dores articulares.

No entanto, quando se trata da prevenção e tratamento da osteoartrite, vários estudos indicam que a glucosamina pode ser uma solução eficaz.

Relação entre glucosamina e dietas baixas em carboidratos

Um estudo realizado sugere que o efeito geral da glucosamina sobre a longevidade saudável se assemelha ao de uma dieta baixa em carboidratos. As dietas de baixo teor de carboidratos podem proporcionar a perda de peso, ajudando a manter o peso.

De acordo com uma publicação feita pela Universidade de Harvard, o efeito mais significativo da glucosamina foi em relação a melhora nos níveis de lipídios no sangue, diminuição dos triglicérides (principal molécula transportadora de gordura no sangue) e o aumento nos níveis do HDL, o colesterol bom.

Além disso, oferecem um risco menor de desenvolver doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e ajudam a baixar a pressão arterial.

Os efeitos sobre o retardamento do envelhecimento

Como exatamente uma dieta de baixo carboidrato pode ter a capacidade de retardar o envelhecimento e proporcionar uma longevidade saudável?

O que acontece é que glucosamina parece interferir na glicólise, que consiste no passo inicial do metabolismo da glicose. Os autores do estudo notaram uma diminuição de 43% na oxidação da glicose (metabolismo) após a adição da glucosamina.

O metabolismo reduzido da glicose leva, consequentemente, a níveis mais baixos de trifosfato de adenosina (ATP), molécula usada como fonte de energia por todas as células do corpo humano. Níveis mais baixos de ATP promovem a biogênese mitocondrial. O aumento dos níveis de mitocôndria celular acabam reforçando a respiração e ATP (ou seja, a produção de energia).

No entanto, uma vez que o metabolismo da glicose é diminuído, o ácido graxo e os aminoácidos (que consistem em outras fontes de energia) aumentam o metabolismo. O resultado é o aumento do catabolismo da gordura e da proteína.

O aumento da respiração celular leva ao aumento da produção de espécies reativas de oxigênio (ROS), moléculas altamente instáveis que, quando presentes em quantidade suficiente, exercem um efeito protetor, auxiliando na resistência celular ao estresse. Esse fenômeno é chamado de mitohormesis.

O consumo da glucosamina também causa efeitos na redução de glicose no sangue, especialmente após a alimentação. Não foram observados efeitos durante o período de jejum.

Concluindo, os estudos apontam que o consumo da glucosamina pode colaborar de maneira benéfica para uma melhor qualidade de vida na terceira idade.

Gostou de saber sobre a relação da glucosamina e a longevidade? Para saber mais a respeito, assine a nossa Newsletter gratuitamente e fique por dentro!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

NATURE PUBLISHING GROUP. The Use of Animal Models in Studying Genetic Disease: Transgenesis and Induced Mutation. Disponível em <http://www.nature.com/scitable/topicpage/the-use-of-animal-models-in-studying-855>. Acesso em: 29 de dez. 2016.

CHEMICAL & ENGINEERING. Supplement Extends Life Of Worms, Mice. Disponível em: <http://cen.acs.org/articles/92/i15/Supplement-Extends-Life-Worms-Mice.html>. Acesso em: 29 de dez. 2016.

CLEGG, Daniel O. et al. Glucosamine Chondroitin Arthritis Intervention Trial (GAIT). National Center for complementay and Alternative Medicine [NCCAM], USA) NCCAM Publication, n. D310, 2006.(Artigo)

HARVARD SCHOOL OF PUBLIC HEALTH. Low-Carbohydrate Diets. Disponível em: <https://www.hsph.harvard.edu/nutritionsource/carbohydrates/low-carbohydrate-diets/>. Acesso em 29 de dez. de 2016.

MCALINDON, Timothy E. et al. Glucosamine and chondroitin for treatment of osteoarthritis: a systematic quality assessment and meta-analysis. Jama, v. 283, n. 11, p. 1469-1475, 2000. (Artigo)

REGINSTER, Jean Yves et al. Long-term effects of glucosamine sulphate on osteoarthritis progression: a randomised, placebo-controlled clinical trial. The Lancet, v. 357, n. 9252, p. 251-256, 2001. (Artigo)

Assine a Revista Labdoor

Scroll to top