Como se desestressar: 18 dicas para uma vida mais saudável

Reduzir o estresse é importante para uma vida equilibrada e saudável. Nossa equipe de especialistas reuniu 18 dicas sobre como se desestressar: confira o que mais se adequa ao seu dia-a-dia.

Todo mundo lida com o estresse, de uma forma ou outra. Mesmo que ele sempre seja visto como negativo, ele é essencial para a vida, fazendo parte de nosso sistema de sobrevivência que se ativa em situações de risco. Estresse é ruim quando seus intensos efeitos afetam o equilíbrio de nossa saúde.

O estresse está associado a altos níveis de cortisol, um hormônio produzido pelas glândulas supra-renais. Acumulado, ele pode levar a problemas físicos e psicológicos, incluindo depressão, comer em excesso, sono excessivo e irritabilidade. Se é impossível evitar o estresse, também é possível lidar com ele. Confira nossas dicas sobre como se desestressar:

1. Faça uma massagem. Massagens já se mostraram efetivas para reduzir o estresse mental e físico. Um estudo publicado no Journal of General Internal Medicine indicou que massagens ajudaram a moderar o estresse e dor em pacientes com dores crônicas.

Outro estudo, publicado no Australian Journal of Advanced Nursing, sugeriu que 15 minutos de massagem ajudaram a reduzir o estresse psicológico dos participantes do estudo.

Massagem diminui o nível de cortisol e aumenta o nível de serotonina e dopamina, hormônios relacionados ao bem-estar e à felicidade.

2. Caminhe. Caminhar pode clarear sua mente e manter seu corpo saudável. Caminhadas ajudam a aumentar a endorfina, que dão uma sensação de euforia, além de reduzir os níveis de cortisol. A caminhada vai garantir aumento de energia e diminuir a fadiga. Além disso, o simples fato de estar ao ar livre é uma boa dica para se desestressar, melhorar a memória e a atenção.

3. Tenha um animal de estimação. Estudos comprovaram que, para muitas pessoas, terapia com animais ajuda na redução da ansiedade e do estresse. Um estudo apontou que a interação com animais ajudou estudantes durante seus períodos de provas. Outro, ainda, comprovou que pacientes experimentaram uma redução de 37% na ansiedade quando passavam algum tempo com animais antes de cirurgias médicas – ter um animal por perto os distraia de suas preocupações.

Menor pressão sanguínea e cortisol também são efeitos constatados em pessoas que interagem com animais de estimação. Cães e gatos são comumente a escolha de como se desestressar, mas outros animais também podem ajudar. Foi comprovado que observar peixes em um aquário reduz a pressão sanguínea, por exemplo.

4. Beba chá. Chá verde reduz a pressão sanguínea e é repleto de antioxidantes que são benéficos para sua saúde. Em um estudo realizado ao longo de seis semanas, o chá preto ajudou a diminuir o estresse e o cortisol em grupos que estavam bebendo chá em relação a um grupo que bebia placebos.

5. Durma bem. Uma pesquisa feita com crianças apontou que entre as consequências de não dormir bem está o aumento do cortisol. Ter uma noite completa e ininterrupta de sono faz com que o cortisol diminua – por isso dormir bem melhora sua qualidade de vida. Outro estudo feito com homens jovens e saudáveis indicou que tirar pequenos cochilos ao longo do dia reduz o nível de cortisol.

Dica de como se desestressar

6. Malhe. Vá à academia ou faça uma corrida. Isso permite que seu corpo e mente foquem em algo que é saudável para seu bem-estar. Ao mesmo tempo que você se distrai das causas do seu estresse, o exercício físico também aumenta a endorfina e reduz o nível de cortisol.

A endorfina é o hormônio natural do bem-estar que é liberado quando você se exercita. Quanto mais aeróbico seu exercício é, mais endorfina seu corpo libera.

7. Faça exercícios respiratórios. Ao respirar lenta e profundamente, sua pressão sanguínea e batimentos cardíacos também desaceleram, o que combate efeitos do estresse. Isso também ajuda você a relaxar e ter uma mente mais clara e é muito usado para meditação. Foi comprovado que simples exercícios de respiração podem reduzir a ansiedade e ajudar contra a depressão.

8. Faça visualizações guiadas. Essa é uma técnica que muitas pessoas usam para relaxar, controlar o estresse e ajudar a conquistar objetivos. Em uma pesquisa, os participantes relataram menor nível de estresse após usar essa ferramenta.

Visualizações guiadas permitem a pessoas imaginar e conscientemente pensar sobre certos assuntos, ajudando-as a entrar em contato com sua intuição. Isso normalmente leva ao sentimento de revigoração e ajudou muitos a aumentar a auto-estima.

9. Aromaterapia. Alguns óleos de plantas ajudam a aliviar tensões nervosas e ansiedade. Os aromas de certas plantas, como lavanda, podem moderar o estresse e relaxar. Esses aromas podem criar um certo humor e alguns até nos trazem memórias e pensamentos associados ao cheiro.

A aromaterapia é usada com frequência junto à massagens, meditação e banhos de banheira. É uma maravilhosa experiência de relaxamento para quem já experimentou e um ótimo meio de como se desestressar.

10. Desligue o telefone. Seu celular permite que você acesse o mundo inteiro. Isso também permite que o estresse te atinja se você ler certas notícias sobre o mundo ou ficar sabendo de algo que ocorre em seu círculo de contatos online.

De acordo com um estudo, e-mails de trabalho vistos pelo celular causam maiores níveis de estresse. Ao desligar seu celular, você fecha a porta para o estresse externo, permitindo que você se concentre em você mesmo e nas coisas ao seu redor.

Ficar longe da tecnologia pode ser uma experiência muito relaxante que todos deveriam tentar, seja durante o fim de semana ou as férias.

11. Medite. A meditação é usada há milhares de anos, ajudando seus praticantes a encontrar seu eu interior – ela foi usada até com propósitos religiosos. É uma técnica barata usada para aliviar seu estresse e permitir que você limpe sua mente.

Combinar a meditação com exercícios de respiração pode auxiliar ainda mais a reduzir os batimentos cardíacos e pressão sanguínea. A meditação ajuda você a encontrar tranquilidade e clareza de pensamentos.

Como se desestressar com banho de banheira

12. Aprecie um banho de banheira. Um banho quente de banheira ajuda a relaxar tenções nos músculos, aliviar dores no corpo e prover um ambiente confortável que circunda seu corpo. Um bom mergulho na banheira também ajuda na circulação sanguínea e acalma o sistema nervoso. A água pode conter infusões de minerais ou outros produtos como sal do Mar Morto ou óleos para aromas.

13. Ioga. Ioga é uma excelente ferramenta para o controle do peso e estresse. A prática ajuda em seu equilibro, flexibilidade e fortalece seu eu interno. Estudos comprovaram que o ioga tem potencial de reduzir a ansiedade e é um ótimo método de como se desestressar. Mesmo que o ioga não deva substituir medicações contra estresse e ansiedade, é altamente recomendável complementar as medicações com ioga.

O ioga surgiu na Índia e é praticado há mais de 5 mil anos. Ele também ajuda com bronquite, dores crônicas e alguns sintomas da menopausa.

14. Escute música. Certas músicas levam pessoas a certos humores e pensamentos. Uma pesquisa mostrou que pacientes no pós-operatório que escutavam música tinham menores níveis de estresse do que aqueles que não escutavam. Outro estudo indicou que pessoas de diferentes culturas preferem diferentes tipos de música para dores ou alívio do estresse. A dica de como se desestressar é encontrar a música que seja perfeita para você.

15. Ria. Assistir um show de comédia ou um filme engraçado ajuda você a lidar com o estresse. Um estudo mostrou que há menores níveis do marcador endócrino de estresse cromogranina A (CgA) em pessoas que assistiram a filmes de humor. Os participantes da pesquisa também relataram que se sentiram com mais disposição e humor.

16. Tente trabalhos manuais. Encontrar um hobby e manter suas mãos ocupadas vai distrair sua mente de fatores estressantes. Pesquisas já mostraram que fazer artesanato ou outros trabalhos manuais contribui para o relaxamento, especialmente em crianças e idosos. Trabalhos manuais são usados com frequência em métodos terapêuticos de tratamento. Artesanato é benéfico pois ajuda você a se manifestar de forma artística e criativa.

Escrever é uma dica de como se desestressar

17. Escreva. Manter um diário com seus pensamentos e atividades ajuda você a se expressar. Já foi mostrado que escrever ajuda na compreensão dos seus próprios sentimentos e na organização de seus pensamentos – e isso reflete em suas escolhas futuras.

O diário é o lugar para colocar para fora suas emoções, aquelas que você não expressaria de outras formas. Um fator muito positivo da prática é poder escrever emoções negativas, de forma a deixá-las para trás e seguir adiante com emoções positivas – um excelente meio de como se desestressar.

18. Evite a cafeína. Tente evitar a cafeína, bebidas energéticas e outras bebidas com altas doses de cafeína. A cafeína aumenta a catecolamina e o cortisol, ambos hormônios relacionados ao estresse. Ao mesmo tempo, a cafeína aumenta o nível de dopamina para uma rápida sensação de bem estar, que desaparecerá também rapidamente, fazendo você se sentir para baixo. Opte pelo chá verde.

Consideração final: O estresse é necessário para nossa sobrevivência, porém é importante controlá-lo. Se deixado sem controle, ele pode aumentar e causar danos físicos e psicológicos. O estresse atua de maneira distinta em cada pessoa, portanto, o que serve para uma pessoa se desestressar pode não servir para outra. É importante tentar diferentes técnicas para lidar com seu estresse.

Alguma de nossas dicas te ajudou? Compartilhe com seus amigos e ajude-os também e ter uma vida mais equilibrada!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

YOUNG, Judith S. Pet therapy: Dogs de-stress students. Journal of Christian Nursing, v. 29, n. 4, p. 217-221, 2012. (artigo)

RAO, T. P. et al. Green tea catechins against oxidative stress of renal disease. Protective effects of tea on human health, p. 109-119, 2006.(artigo)

BOST, Nerolie et al. The effectiveness of a 15 minute weekly massage in reducing physical and psychological stress in nurses. Australian Journal of Advanced Nursing, The, v. 23, n. 4, p. 28, 2006. (artigo)

FIELD, Tiffany et al. Cortisol decreases and serotonin and dopamine increase following massage therapy. International Journal of Neuroscience, v. 115, n. 10, p. 1397-1413, 2005. (artigo)

THE HUFFINGTON POST. National Walking Day: 5 Ways Walking Helps To Relieve Stress. Disponível em: <http://www.huffingtonpost.com/2013/04/03/national-walking-day-stress-relief-tips_n_2992972.html>. Acesso em: 6 de nov. 2016.

FRESH AQUARIUM. Health Benefits of Aquarium Fish. Disponível em: <http://freshaquarium.about.com/od/termsandtables/a/aquariumhealth.htm>. Acesso em: 6 de nov. 2016.

STEPTOE, Andrew et al. The effects of tea on psychophysiological stress responsivity and post-stress recovery: a randomised double-blind trial. Psychopharmacology, v. 190, n. 1, p. 81-89, 2007.(artigo)

ROGERS, Kim R. et al. Guided visualization interventions on perceived stress, dyadic satisfaction and psychological symptoms in highly stressed couples. Complementary therapies in clinical practice, v. 18, n. 2, p. 106-113, 2012. (artigo)

FARAUT, Brice et al. Benefits of napping and an extended duration of recovery sleep on alertness and immune cells after acute sleep restriction. Brain, behavior, and immunity, v. 25, n. 1, p. 16-24, 2011. (artigo)

THE HUFFINGTON POST. Work-Related Smartphone Use Tied To High Stress Levels, Study Finds. Disponível em: <http://www.huffingtonpost.com/2014/05/09/workrelated-smartphone-us_n_5269482.html>. Acesso em: 6 de nov. 2016.

LI, Amber W.; GOLDSMITH, C. A. The effects of yoga on anxiety and stress. Altern Med Rev, v. 17, n. 1, p. 21-35, 2012. (artigo)

NILSSON, Ulrica. The effect of music intervention in stress response to cardiac surgery in a randomized clinical trial. Heart & Lung: The Journal of Acute and Critical Care, v. 38, n. 3, p. 201-207, 2009. (artigo)

GOOD, Marion et al. Cultural differences in music chosen for pain relief. Journal of Holistic Nursing, v. 18, n. 3, p. 245-260, 2000. (artigo)

Toda, Masahiro, et al. "Effect of laughter on salivary endocrinological stress marker chromogranin A." Biomedical research 28.2 (2007): 115-118. (artigo)

THE HUFFINGTON POST. Natural Ways To Relax: How Crafting Can Reduce Stress And Put Your Mind At Ease. Disponível em: <http://www.huffingtonpost.com/2012/10/29/natural-ways-to-relax-crafting_n_2040686.html>. Acesso em: 6 nov. 2016.

Time formado por redatores com pós graduação e/ou doutorado nas áreas de saúde, dieta, suplementação e/ou treino, além de convidados especialistas em suas áreas.

Como se desestressar: 18 dicas para uma vida mais saudável

Reduzir o estresse é importante para uma vida equilibrada e saudável. Nossa equipe de especialistas reuniu 18 dicas sobre como se desestressar: confira o que mais se adequa ao seu dia-a-dia.

Todo mundo lida com o estresse, de uma forma ou outra. Mesmo que ele sempre seja visto como negativo, ele é essencial para a vida, fazendo parte de nosso sistema de sobrevivência que se ativa em situações de risco. Estresse é ruim quando seus intensos efeitos afetam o equilíbrio de nossa saúde.

O estresse está associado a altos níveis de cortisol, um hormônio produzido pelas glândulas supra-renais. Acumulado, ele pode levar a problemas físicos e psicológicos, incluindo depressão, comer em excesso, sono excessivo e irritabilidade. Se é impossível evitar o estresse, também é possível lidar com ele. Confira nossas dicas sobre como se desestressar:

1. Faça uma massagem. Massagens já se mostraram efetivas para reduzir o estresse mental e físico. Um estudo publicado no Journal of General Internal Medicine indicou que massagens ajudaram a moderar o estresse e dor em pacientes com dores crônicas.

Outro estudo, publicado no Australian Journal of Advanced Nursing, sugeriu que 15 minutos de massagem ajudaram a reduzir o estresse psicológico dos participantes do estudo.

Massagem diminui o nível de cortisol e aumenta o nível de serotonina e dopamina, hormônios relacionados ao bem-estar e à felicidade.

2. Caminhe. Caminhar pode clarear sua mente e manter seu corpo saudável. Caminhadas ajudam a aumentar a endorfina, que dão uma sensação de euforia, além de reduzir os níveis de cortisol. A caminhada vai garantir aumento de energia e diminuir a fadiga. Além disso, o simples fato de estar ao ar livre é uma boa dica para se desestressar, melhorar a memória e a atenção.

3. Tenha um animal de estimação. Estudos comprovaram que, para muitas pessoas, terapia com animais ajuda na redução da ansiedade e do estresse. Um estudo apontou que a interação com animais ajudou estudantes durante seus períodos de provas. Outro, ainda, comprovou que pacientes experimentaram uma redução de 37% na ansiedade quando passavam algum tempo com animais antes de cirurgias médicas – ter um animal por perto os distraia de suas preocupações.

Menor pressão sanguínea e cortisol também são efeitos constatados em pessoas que interagem com animais de estimação. Cães e gatos são comumente a escolha de como se desestressar, mas outros animais também podem ajudar. Foi comprovado que observar peixes em um aquário reduz a pressão sanguínea, por exemplo.

4. Beba chá. Chá verde reduz a pressão sanguínea e é repleto de antioxidantes que são benéficos para sua saúde. Em um estudo realizado ao longo de seis semanas, o chá preto ajudou a diminuir o estresse e o cortisol em grupos que estavam bebendo chá em relação a um grupo que bebia placebos.

5. Durma bem. Uma pesquisa feita com crianças apontou que entre as consequências de não dormir bem está o aumento do cortisol. Ter uma noite completa e ininterrupta de sono faz com que o cortisol diminua – por isso dormir bem melhora sua qualidade de vida. Outro estudo feito com homens jovens e saudáveis indicou que tirar pequenos cochilos ao longo do dia reduz o nível de cortisol.

Dica de como se desestressar

6. Malhe. Vá à academia ou faça uma corrida. Isso permite que seu corpo e mente foquem em algo que é saudável para seu bem-estar. Ao mesmo tempo que você se distrai das causas do seu estresse, o exercício físico também aumenta a endorfina e reduz o nível de cortisol.

A endorfina é o hormônio natural do bem-estar que é liberado quando você se exercita. Quanto mais aeróbico seu exercício é, mais endorfina seu corpo libera.

7. Faça exercícios respiratórios. Ao respirar lenta e profundamente, sua pressão sanguínea e batimentos cardíacos também desaceleram, o que combate efeitos do estresse. Isso também ajuda você a relaxar e ter uma mente mais clara e é muito usado para meditação. Foi comprovado que simples exercícios de respiração podem reduzir a ansiedade e ajudar contra a depressão.

8. Faça visualizações guiadas. Essa é uma técnica que muitas pessoas usam para relaxar, controlar o estresse e ajudar a conquistar objetivos. Em uma pesquisa, os participantes relataram menor nível de estresse após usar essa ferramenta.

Visualizações guiadas permitem a pessoas imaginar e conscientemente pensar sobre certos assuntos, ajudando-as a entrar em contato com sua intuição. Isso normalmente leva ao sentimento de revigoração e ajudou muitos a aumentar a auto-estima.

9. Aromaterapia. Alguns óleos de plantas ajudam a aliviar tensões nervosas e ansiedade. Os aromas de certas plantas, como lavanda, podem moderar o estresse e relaxar. Esses aromas podem criar um certo humor e alguns até nos trazem memórias e pensamentos associados ao cheiro.

A aromaterapia é usada com frequência junto à massagens, meditação e banhos de banheira. É uma maravilhosa experiência de relaxamento para quem já experimentou e um ótimo meio de como se desestressar.

10. Desligue o telefone. Seu celular permite que você acesse o mundo inteiro. Isso também permite que o estresse te atinja se você ler certas notícias sobre o mundo ou ficar sabendo de algo que ocorre em seu círculo de contatos online.

De acordo com um estudo, e-mails de trabalho vistos pelo celular causam maiores níveis de estresse. Ao desligar seu celular, você fecha a porta para o estresse externo, permitindo que você se concentre em você mesmo e nas coisas ao seu redor.

Ficar longe da tecnologia pode ser uma experiência muito relaxante que todos deveriam tentar, seja durante o fim de semana ou as férias.

11. Medite. A meditação é usada há milhares de anos, ajudando seus praticantes a encontrar seu eu interior – ela foi usada até com propósitos religiosos. É uma técnica barata usada para aliviar seu estresse e permitir que você limpe sua mente.

Combinar a meditação com exercícios de respiração pode auxiliar ainda mais a reduzir os batimentos cardíacos e pressão sanguínea. A meditação ajuda você a encontrar tranquilidade e clareza de pensamentos.

Como se desestressar com banho de banheira

12. Aprecie um banho de banheira. Um banho quente de banheira ajuda a relaxar tenções nos músculos, aliviar dores no corpo e prover um ambiente confortável que circunda seu corpo. Um bom mergulho na banheira também ajuda na circulação sanguínea e acalma o sistema nervoso. A água pode conter infusões de minerais ou outros produtos como sal do Mar Morto ou óleos para aromas.

13. Ioga. Ioga é uma excelente ferramenta para o controle do peso e estresse. A prática ajuda em seu equilibro, flexibilidade e fortalece seu eu interno. Estudos comprovaram que o ioga tem potencial de reduzir a ansiedade e é um ótimo método de como se desestressar. Mesmo que o ioga não deva substituir medicações contra estresse e ansiedade, é altamente recomendável complementar as medicações com ioga.

O ioga surgiu na Índia e é praticado há mais de 5 mil anos. Ele também ajuda com bronquite, dores crônicas e alguns sintomas da menopausa.

14. Escute música. Certas músicas levam pessoas a certos humores e pensamentos. Uma pesquisa mostrou que pacientes no pós-operatório que escutavam música tinham menores níveis de estresse do que aqueles que não escutavam. Outro estudo indicou que pessoas de diferentes culturas preferem diferentes tipos de música para dores ou alívio do estresse. A dica de como se desestressar é encontrar a música que seja perfeita para você.

15. Ria. Assistir um show de comédia ou um filme engraçado ajuda você a lidar com o estresse. Um estudo mostrou que há menores níveis do marcador endócrino de estresse cromogranina A (CgA) em pessoas que assistiram a filmes de humor. Os participantes da pesquisa também relataram que se sentiram com mais disposição e humor.

16. Tente trabalhos manuais. Encontrar um hobby e manter suas mãos ocupadas vai distrair sua mente de fatores estressantes. Pesquisas já mostraram que fazer artesanato ou outros trabalhos manuais contribui para o relaxamento, especialmente em crianças e idosos. Trabalhos manuais são usados com frequência em métodos terapêuticos de tratamento. Artesanato é benéfico pois ajuda você a se manifestar de forma artística e criativa.

Escrever é uma dica de como se desestressar

17. Escreva. Manter um diário com seus pensamentos e atividades ajuda você a se expressar. Já foi mostrado que escrever ajuda na compreensão dos seus próprios sentimentos e na organização de seus pensamentos – e isso reflete em suas escolhas futuras.

O diário é o lugar para colocar para fora suas emoções, aquelas que você não expressaria de outras formas. Um fator muito positivo da prática é poder escrever emoções negativas, de forma a deixá-las para trás e seguir adiante com emoções positivas – um excelente meio de como se desestressar.

18. Evite a cafeína. Tente evitar a cafeína, bebidas energéticas e outras bebidas com altas doses de cafeína. A cafeína aumenta a catecolamina e o cortisol, ambos hormônios relacionados ao estresse. Ao mesmo tempo, a cafeína aumenta o nível de dopamina para uma rápida sensação de bem estar, que desaparecerá também rapidamente, fazendo você se sentir para baixo. Opte pelo chá verde.

Consideração final: O estresse é necessário para nossa sobrevivência, porém é importante controlá-lo. Se deixado sem controle, ele pode aumentar e causar danos físicos e psicológicos. O estresse atua de maneira distinta em cada pessoa, portanto, o que serve para uma pessoa se desestressar pode não servir para outra. É importante tentar diferentes técnicas para lidar com seu estresse.

Alguma de nossas dicas te ajudou? Compartilhe com seus amigos e ajude-os também e ter uma vida mais equilibrada!

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

YOUNG, Judith S. Pet therapy: Dogs de-stress students. Journal of Christian Nursing, v. 29, n. 4, p. 217-221, 2012. (artigo)

RAO, T. P. et al. Green tea catechins against oxidative stress of renal disease. Protective effects of tea on human health, p. 109-119, 2006.(artigo)

BOST, Nerolie et al. The effectiveness of a 15 minute weekly massage in reducing physical and psychological stress in nurses. Australian Journal of Advanced Nursing, The, v. 23, n. 4, p. 28, 2006. (artigo)

FIELD, Tiffany et al. Cortisol decreases and serotonin and dopamine increase following massage therapy. International Journal of Neuroscience, v. 115, n. 10, p. 1397-1413, 2005. (artigo)

THE HUFFINGTON POST. National Walking Day: 5 Ways Walking Helps To Relieve Stress. Disponível em: <http://www.huffingtonpost.com/2013/04/03/national-walking-day-stress-relief-tips_n_2992972.html>. Acesso em: 6 de nov. 2016.

FRESH AQUARIUM. Health Benefits of Aquarium Fish. Disponível em: <http://freshaquarium.about.com/od/termsandtables/a/aquariumhealth.htm>. Acesso em: 6 de nov. 2016.

STEPTOE, Andrew et al. The effects of tea on psychophysiological stress responsivity and post-stress recovery: a randomised double-blind trial. Psychopharmacology, v. 190, n. 1, p. 81-89, 2007.(artigo)

ROGERS, Kim R. et al. Guided visualization interventions on perceived stress, dyadic satisfaction and psychological symptoms in highly stressed couples. Complementary therapies in clinical practice, v. 18, n. 2, p. 106-113, 2012. (artigo)

FARAUT, Brice et al. Benefits of napping and an extended duration of recovery sleep on alertness and immune cells after acute sleep restriction. Brain, behavior, and immunity, v. 25, n. 1, p. 16-24, 2011. (artigo)

THE HUFFINGTON POST. Work-Related Smartphone Use Tied To High Stress Levels, Study Finds. Disponível em: <http://www.huffingtonpost.com/2014/05/09/workrelated-smartphone-us_n_5269482.html>. Acesso em: 6 de nov. 2016.

LI, Amber W.; GOLDSMITH, C. A. The effects of yoga on anxiety and stress. Altern Med Rev, v. 17, n. 1, p. 21-35, 2012. (artigo)

NILSSON, Ulrica. The effect of music intervention in stress response to cardiac surgery in a randomized clinical trial. Heart & Lung: The Journal of Acute and Critical Care, v. 38, n. 3, p. 201-207, 2009. (artigo)

GOOD, Marion et al. Cultural differences in music chosen for pain relief. Journal of Holistic Nursing, v. 18, n. 3, p. 245-260, 2000. (artigo)

Toda, Masahiro, et al. "Effect of laughter on salivary endocrinological stress marker chromogranin A." Biomedical research 28.2 (2007): 115-118. (artigo)

THE HUFFINGTON POST. Natural Ways To Relax: How Crafting Can Reduce Stress And Put Your Mind At Ease. Disponível em: <http://www.huffingtonpost.com/2012/10/29/natural-ways-to-relax-crafting_n_2040686.html>. Acesso em: 6 nov. 2016.

Assine a Revista Labdoor

Scroll to top